terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Visitar Malta

Turismo em Malta:
Agora vou falar-vos de turismo em Malta. Por vezes o residente não visita todas as atrações turísticas, mas no meu caso tenho ido a praticamente todo lado. No entanto não vou comentar todos os pontos turísticos de Malta como igrejas até porque são muitas (cerca de 360) museus, etc, mas falo dos principais locais e um apanhado geral de cada local. Para começar Malta é um país muito pequeno e qualquer cidade se visita muito facilmente em algumas horas, por exemplo.

Valletta:
Capital da cidade, sem hipótese de ser esquecida. Para começar Valletta, nem parece uma capital! Verdade é tão tranquila, que parece uma vila histórica. Mas sou encantada pela sua arquitetura barroca. Adoro! Visitar Valletta numa manhã ou numa tarde chega perfeitamente, dependendo do programa. Vale a pena pagar 5€ pelo comboio que dá a volta à cidade e 5€ pelo city taxi (em caso de pouco tempo de visita) pois os principais pontos serão vistos rapidamente sem ter de andar pelas ruas inclinadas!
O ponto de informação turística fica em Merchant Street, dali podem adquirir um mapa com todos os principais pontos da cidade.
A não perder Upper Barrakka Gardens, com vista panorâmica para o Harbour e três cidades.
Outro aspecto importante e que acho lindo são as varandas típicas das casas em Malta, mas principalmente em Valletta encontra em todo o lado!


 

 

 




Sliema:

Sliema é o lado moderno de Malta, se quer fazer compras é em Sliema. Lá encontra lojas mais diversas, centros comercias (pequenos) mas o maior é o "the point". Para além das compras tem restaurantes com vista para o  mar e para um bom passeio no paredão vale bem a pena a vista! É em Sliema que saem a maioria dos barcos de passeio turísticos. Encontra toda a informação turística junto aos ferrys.

 



Vista para Valletta em Sliema!
(foto à esquerda)













Vale a pena, passear no paredão desde Sliema até Spinola Bay, Saint Julians área.



























Saint Julians, Paceville, Baystreet é onde encontra toda a diversão noturna e restaurantes.
Em Baystreet há uma centro com lojas abertas até às 10 horas da noite. Se é daqueles que gosta de uma boa noitada, então Paceville é paragem obrigatória. Mas se não for muito de sair à noite também é bom visitar a área, durante o dia também, tem a praia de St George, bem perto do centro comercial Baystreet. Almoçar ou jantar num dos imensos restaurantes de Saint Julians? Parece uma óptima ideia.







Mdina:

A antiga capital e cidade medieval. Local utilizado para filmes, bem fácil entender porquê:
Se apanhar transportes públicos normalmente a paragem é Rabat. Já encontrei turistas que não conseguiram encontrar a paragem, porque não mencionam Mdina, a não ser que o motorista por vezes mais atento informe. No entanto se pedir ao motorista ele irá informar quando chegar a Mdina.

 

 

 
Muitas das cenas de Game of Thrones foram filmadas aqui em Mdina.









Mosta:

Mosta (rotunda) mais precisamente é onde fica a Igreja da nossa senhora da assunção, a Igreja com a terceira maior cúpula do mundo e da Europa!


Também vale a pena visitar os arredores da cidade, tem ruas muito estreitas e com casas em pedra e varanda muito típicas.

 



Mellieha:

Para mim, um dos melhores lugares de Malta. Adoro a vista e é um lugar tranquilo. Tem praia, restaurantes, bares, é onde está a Popeye Village e a Red Tower.

 






Melliah Bay ou Ghadira Bay










Igreja de nossa senhora da Victoria



Popeye Village:

Ir a Malta sem visitar Popeye Village, perde! É lindo. Popeye Village é a aldeia onde foi filmado o filme Popeye nos anos 80 e desde então permanece! Aconselho a ir de manhã e passar todo o dia, porque tem praia e  camas para poder relaxar. Existe um Restaurante ( sinceramente fiquei muito desapontada com a comida, muito má) e também um bar.
Para chegar lá são apenas 15 minutos a pé desde Mellieha Bay. Mas também têm um autocarro de Mellieha para a Popeye Village.
Visite a página Popeye Village

 

 

 


















Red Tower: (ST Agata's Tower)
Uma caminhada de 30m desde Mellieha Bay. A torre é vista da praia e parece mais perto do que realmente é porque não há uma caminho directo. Fui informada no ponto de turismo de Mellieha que os autocarros param lá. Infelizmente a pessoa que está a dar as informações não sabe nada! É pena mas em Malta é muito normal que onde se espera que se saiba dar informações, ou seja num ponto de turismo a pessoa não sabe! A única coisa que pode fazer lá é recolher flyers.
A visita à torre é muito simples e custa apenas 2€ vale a pena pela vista desde a praia à torre e do topo da torre.


Marsaxlokk:

É uma aldeia típica de pesca. A maioria da pesca do país vem deste porto. Marsaxlokk é muito popular ser visitado ao Domingo, pois é dia de mercado de peixe principalmente e outros artigos típicos de Malta. Existem nesta área muitos restaurantes que ficam cheios aos Domingos tanto por turistas como pelas famílias Maltesas que saem para almoçar. Os preços nos restaurantes são bastante acessíveis e os pratos bem servidos.

 







Blue Grotto:

Aqui pode fazer uma visita de barco às grutas, custa 8€ e muito sinceramente não achei nada de especial. É um local muito pequeno com rocha, para apanhar um pouco de sol e é bom para fazer mergulho, se for o caso vale a pena. Eu não fui preparada para isso e fiquei sem opções do que fazer para além da visita de barco e um almoço.  Tem alguns restaurantes e é isso. Mas é um dos pontos atractivos, por isso menciono!

 















Bugibba, St Paul's Bay, Qawra:

Local bastante atractivo também, pela praia, restaurantes e bares. As únicas lojas que encontra são de recordações, óculos de sol, ourivesarias e mercearias. Ou seja Bugibba é uma área de diversão, com muitos hotéis, piscinas e o famoso Café Del Mar.