Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2016

Trabalhar em Malta

Procurar trabalho em Malta é fácil? Quanto se ganha? Como procurar?

Procurar trabalho em Malta é fácil?


A procura de trabalho de forma geral é um trabalho! Até mesmo mais difícil que o trabalho por si mesmo. Malta pode não ser excepção e tenha isso em conta, mas não desespere.
No meu caso foi a coisa mais fácil de conseguir! Eu encontrei trabalho na primeira semana a viver em Malta e todas as pessoas que conheci no meu trabalho que viveram viver em Malta. Sim, foi assim mesmo fácil!!!! Contudo também conheci aqueles que não conseguiram e os que levaram muito tempo. Ou seja não há certezas que vai ser fácil ou difícil, mas há que ter em conta o seguinte:
Época do ano, língua Inglesa, curriculum, experiência.
Época do ano. A maioria dos empregos são conseguidos no inicio do Verão e durante. Meses de Abril a Agosto. Depois há uma quebra e volta em Novembro por causa do Natal. Os meses de Janeiro, Fevereiro, Março, Setembro e Outubro, são fracos. Porque?
Malta é um país de calor e atrai  …

Visitar Malta

Imagem
Turismo em Malta:
Agora vou falar-vos de turismo em Malta. Por vezes o residente não visita todas as atrações turísticas, mas no meu caso tenho ido a praticamente todo lado. No entanto não vou comentar todos os pontos turísticos de Malta como igrejas até porque são muitas (cerca de 360) museus, etc, mas falo dos principais locais e um apanhado geral de cada local. Para começar Malta é um país muito pequeno e qualquer cidade se visita muito facilmente em algumas horas, por exemplo.

Valletta:
Capital da cidade, sem hipótese de ser esquecida. Para começar Valletta, nem parece uma capital! Verdade é tão tranquila, que parece uma vila histórica. Mas sou encantada pela sua arquitetura barroca. Adoro! Visitar Valletta numa manhã ou numa tarde chega perfeitamente, dependendo do programa. Vale a pena pagar 5€ pelo comboio que dá a volta à cidade e 5€ pelo city taxi (em caso de pouco tempo de visita) pois os principais pontos serão vistos rapidamente sem ter de andar pelas ruas inclinadas!
O pon…